Não por ordem cronológica ou de importância. Simplesmente pela ordem com que foram aparecendo e eu as encontrando e identificando com vivências do ano que hoje termina. Não foi perfeito. Mas nada é. 2015 não foi perfeito mas foi muito bom. Mais generoso do que eu merecia!! Recheado de conquistas, pessoas, momentos únicos e coisas boas. Se 2016 for metade do que 2015 foi, continuarei a ser uma mulher feliz.



Ficaram algumas coisas por fazer... Mas amanhã, pelo menos, é outro dia. Para 2016:

Terminar a minha tese.
Tratar das minhas costas.
Fazer jornalismo. Mais e melhor.
Viajar.
Conhecer pessoas novas.
Conseguir perdoar, senão toda a gente, pelo menos uma pessoa, não interessa qual.
Gritar menos, ser mais compreensiva, ter mais paciência e perder menos vezes a cabeça.
Perder 5kg (de gordura)
Comprar menos mas melhor.
Ver o meu Porto campeão.
Fazer finalmente a tatuagem que ando a planear há muito.
Escrever mais. Só pelo prazer de. Ler mais também. Ultimamente não ando a ler nada...
E, principalmente, permanecer indomável nesta sociedade enjaulada. 

Num último apontamento de 2015:



Um Bom Ano.
Catarina Vilas Boas 
Com tecnologia do Blogger.